Consulta Nota Fiscal Paulista (Saldo)

Cada vez mais, há uma exigência de que estabelecimentos cumpram com suas obrigações fiscais, através do pagamento adequado dos tributos.

No estado de São Paulo, o governo estimula esta política através da inserção do CPF em todas as notas fiscais, prometendo benefícios e dinheiro de volta para os consumidores.

A seguir, saiba como funciona o processo, e também, como saber qual é o seu saldo. Inclusive, se você tiver um valor acumulado, poderá solicitar um saque!

Se você fez/faz compras no estado de São Paulo, é provável que já tenha cadastrado o seu CPF em compras. Mas, como consultar créditos da nota fiscal paulista?

Consultar créditos da nota fiscal paulista

Esta tarefa é muito mais simples do que você imagina! Isso pode ser feito através do seguinte link: https://www.nfp.fazenda.sp.gov.br/login.aspx?ReturnUrl=%2fPrincipal.aspx.

Informe corretamente o seu CPF, e se necessário, realize um cadastro no site. Lembre-se de anotar a senha, para consultar novamente o sistema no futuro.

Depois de conferir o seu saldo, é possível resgatar o valor disponível – a seguir, saiba como fazer isso!

Como resgatar os créditos da NF paulista

Agora que você já sabe qual é o seu saldo disponível na NF paulista, poderá solicitá-lo, através do mesmo sistema.

Primeiramente, você precisa cadastrar uma conta bancária que seja válida, e assim, poderá pedir o saque do dinheiro.

Agora, é só aguardar que ele caia em sua conta, e esse processo pode demorar alguns dias para se concretizar.

Como funciona?

Este assunto ainda gera muitas dúvidas nos paulistas, mas, não há dúvidas de que cadastrar o CPF na nota só trará benefícios.

Em geral, uma porcentagem é paga para cada nota cadastrada. Além disso, depois que o usuário atinge um saldo de R$ 100,00, ele pode se cadastrar em sorteios que ocorrem mensalmente, e dão os seguintes valores:

  • Um milhão de reais (1 prêmio);
  • Quinhentos mil reais (2 prêmios).

Este cadastro no sorteio é totalmente gratuito, e já “presenteou” alguns paulistas desde que a política começou no estado.

Todos os estabelecimentos têm a obrigação de cadastrar o CPF e gerar uma nota, e caso não o façam, podem ser denunciados pelo consumidor – afinal, esta é uma regra válida para todo o estado.

Se você não for sorteado, ainda assim poderá juntar dinheiro em sua conta, e quando desejar, solicitar um saque. O dinheiro é enviado diretamente para a sua conta bancária, e assim, você poderá gastar da maneira que desejar.

Cadastro na nota fiscal paulista

Como é de se esperar, quanto mais compras você faz, mais dinheiro você tem de volta. Isso se assemelha com as políticas de cashback adotadas por alguns bancos e cartões de crédito – mas, neste caso, o pagamento é de responsabilidade do governo do Estado.

Se você deseja acumular mais saldo em sua conta, lembre-se de cadastrar o seu CPF em:

  • Compras de medicamento em farmácias;
  • No supermercado;
  • Em lojas de roupas;
  • Quando for comprar presentes;
  • Em suas refeições fora de casa;

E todas as vezes que comprar qualquer coisa, de qualquer valor.

Um erro cometido por muitos indivíduos é o de cadastrar o CPF apenas quando as compras são de valores altos. Mas, isso não é uma regra do governo de SP, e muito pelo contrário, você pode cadastrar qualquer valor, afinal, com isso o estabelecimento será obrigado a emitir nota.

Portanto, modifique a sua política de compras, saiba seu CPF de cabeça, e insira-o todas as vezes que gastar algum dinheiro.

Mensalmente ou de maneira mais frequente, consulte o link informado previamente e confira o saldo disponível. Alguns paulistas já levaram milhares de reais para casa, e assim, a economia tende a movimentar ainda mais!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui